Autor de estupros em série em Buritizeiro é apresentado pela Polícia Civil

A Polícia Civil apresentou na tarde desta quarta-feira (17) o autor de quatro estupros ocorridos em Buritizeiro, no Norte de Minas. Segundo o delegado Jéferson Leal, o autor foi preso no dia 11 deste mês após roubar uma motocicleta e estuprar uma adolescente de 13 anos.
Câmeras de segurança de uma empresa registraram o momento do roubo. As imagens foram analisadas e a polícia identificou o suspeito, de 28 anos. Ele foi preso em uma ação conjunta entre a PC e a PM. “Os dois crimes ocorreram no dia nove. Ele roubou a motocicleta e em seguida estuprou a adolescente. A vítima afirmou que foi mantida em cárcere por cerca de 10 horas e o suspeito fazia uso de crack durante o crime”, explica o delegado.
Na casa do autor, que fica no Bairro São Francisco, foram encontradas ainda duas armas de fogo e a motocicleta roubada. Durante as investigações, a polícia descobriu que o homem é o autor de outros três estupros, ocorridos nos dias 12, 17 e 29 de dezembro. “Inclusive, este investigado, que está sendo apresentado, informou detalhes sobre o último estupro, mas nos outros três afirmou estar ‘virado no crack’ e não soube dar detalhes”, diz o delegado que afirmou que o preso também responde um processo por estupro ocorrido na cidade de Betim.
A prisão em flagrante foi convertida pela Justiça em preventiva e o autor foi levado para o Presídio de Pirapora. A Polícia Civil afirmou ainda que foram colhidos materiais genéticos das vítimas e do autor, que serão enviadas ao Instituto de Criminalística da Polícia Civil.
Preso por engano
Após os três estupros no final de 2017, um jovem foi preso pela Polícia Militar suspeito de ser o autor dos crimes. Ele foi levado para a delegacia e as três vítimas o reconheceram como autor.
“Mesmo assim, as investigações continuaram. Aí ocorreu mais um crime e logo conseguimos prender o criminoso, que durante depoimento confessou ser autor dos outros três crimes. As vítimas o reconheceram com muito mais convicção. Inclusive as características repassadas inicialmente são idênticas”.

Categoria:Buritizeiro-mg

Deixe seu Comentário


Renata - 18/01/2018 18h12
Graças à Deus esse indivíduo foi preso, e agora como fica o menino que foi preso inocente acusado de um crime que ele não cometeu agora se eu fosse ele iria rever meus direitos sobre isso .